Prorrogação da Resolução

Primeiro semestre de 2021 da UnB continuará remoto

Conselho de Ensino prorroga ensino a distância que acabaria em julho

Cada estudante poderá cursar agora 48 créditos, fora de sua grade curricular

A prorrogação da Resolução 117/20, que determinava o fim do ensino a distância em 19 de julho, foi aprovada em reunião do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) da Universidade de Brasília (UnB) na última quinta-feira (13). Portanto, o primeiro semestre de 2021, previsto para começar em 19 de julho, será também de modo remoto, como tem ocorrido desde o início da pandemia da covid-19.

Algumas mudanças, no entanto, ocorreram na redação da resolução, que adiou as aulas presenciais. Antes, cada estudante da graduação poderia cursar, fora de sua grade curricular, somente 36 créditos, agora, serão permitidos 48.

"Isso se deve em grande parte à separação que fizemos entre créditos teóricos e práticos, em decorrência da pandemia", explicou o decano de Ensino de Graduação, Diêgo Madureira, em nota da Universidade de Brasília.

Matrículas em disciplinas

Critérios de prioridade foram estabelecidos no processo de matrícula: estudantes com cadastro aprovado na Diretoria de Acessibilidade, prováveis formandos, proximidade de conclusão de curso, aderência ao fluxo e IRA. A condição de calouro também irá contar como prioridade.