Recomende este post!

Fechar

Enviar


1 – Para comentar no portal ContextoExato você poderá informar, além do seu nome completo, um apelido que poderá usar para escrever comentários.

2 – Sempre que comentar no portal ContextoExato você poderá optar por assinar seu comentário com seu nome completo ou com o apelido que escolheu. A publicação do seu e-mail junto com o seu comentário também é opcional.

3 – Serão eliminados do portal ContextoExato os comentários que:

      a - Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;

      b - Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;

      c - Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;

      d - Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.

      e – Configurem qualquer tipo de cyberbulling.

4 – A publicação de comentários será permanentemente bloqueada aos usuários que:

      a - Insistirem no envio de comentários com insultos, agressões, ofensas e baixarias;

Avisos:
 

1 – No porta ContextoExato, respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados. Pede-se, apenas, que o espaço dos comentários não sirva para bate-papo sobre assuntos de caráter pessoal ou estranhos ao blog;

2 – Ao postarem suas mensagens, os comentaristas autorizam o titular do blog a reproduzi-los em qualquer outro meio de comunicação, dando os créditos devidos ao autor;

3 – A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica.

  • Fechar Enviar

Brasil, Brasília - Distrito Federal, 21 de setembro de 2017

Alunos de escolas públicas ensaiam com orquestra sinfônica para o aniversário de Brasília

Alunos de escolas públicas ensaiam com orquestra sinfônica para o aniversário de Brasília
Apresentação será no domingo (23), às 17h30, na Torre de TV. Entre os estudantes estão as irmãs Paloma, de 14 anos, e Pâmela, de 8, que estavam acompanhadas do pai no encontro preparatório de hoje
Por Agência Brasília Foto: Reprodução/Divulgação/Tony Winston/Agência Brasília - 20/04/2017 - 15:27:57

Cenário de importantes festivais no Distrito Federal, o Cine Brasília teve uma manhã movimentada nesta quinta-feira (20). No palco, músicos da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro. Nas poltronas, alunos de projetos musicais de três escolas da rede pública do DF e da Universidade de Brasília (UnB).


O público, no entanto, não era apenas espectador, mas parte de um espetáculo que ocorrerá no domingo (23), às 17h30, na programação que celebra o aniversário de 57 anos de Brasília.

 

“Estou tocando com os melhores. É muito bom, emocionante. Essa é uma oportunidade que não acontece com qualquer um”, expressou Paloma Cristina da Silva, de 14 anos, estudante do nono ano do Centro de Ensino Fundamental Santos Dumont, em Santa Maria.

 

Ela contou que a arte a ajudou a melhorar as notas no colégio. Com habilidades para extrair sons do clarinete, a adolescente também domina o violino. Mas não tem a intenção de parar nesses dois: “Pretendo tocar vários outros instrumentos”, garantiu, ao falar sobre os planos de cursar música no futuro.


Paloma foi ao ensaio — o segundo do grupo com a orquestra — acompanhada do pai e da irmã, Pâmela Cristine da Silva, de 8 anos, estudante do terceiro ano da mesma escola e também integrante da apresentação neste fim de semana.

 

Com um violino de cerca de 40 centímetros em mãos, Pâmela se mostrou ansiosa pelo grande dia e resumiu em uma palavra o que está sentindo: emoção. “Espero que não dê nada errado”, disse, de forma enfática.

 

Militar da Força Aérea Brasileira, o pai das meninas, Everson da Silva Santos, explicou que a inserção da filha mais velha na música começou com o diagnóstico de distúrbio do processamento auditivo central. “Após a entrada, vimos a melhora”, disse.

 

“Então, decidimos colocar nossa filha mais nova para já ir adquirindo experiência e aprendendo a lidar com a vida, porque a música ensina tudo isso”, relatou Santos, que também entrou no projeto da escola, aberto à comunidade, tocando saxofone, mas teve de deixar os ensaios por não conseguir conciliá-los com o trabalho.

 

Concerto faz parte do programa Criança Candanga
Cerca de 150 crianças e adolescentes participarão do concerto no domingo (23). A apresentação faz parte do Criança Candanga, programa do governo de Brasília que visa dar prioridade a políticas públicas voltadas à infância e à adolescência.


“Eles precisam ter referência positiva para entender como é o universo de um músico dentro de uma orquestra sinfônica”, disse o coordenador do concerto e professor de música do Centro de Ensino Fundamental 11 do Gama, Thiago Francis. Foram dois encontros preparatórios com a orquestra, mas cada grupo escolar ensaia com frequência.

 

Para o maestro da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro, Cláudio Cohen, a iniciativa permite compartilhar experiências. “Esse compartilhamento significa dar oportunidade para essas crianças que vêm, às vezes, de locais onde o acesso à música não é tão simples e fácil”, avaliou.

 

O evento terá apresentações individuais dos projetos de cada escola, seguidas da apresentação da orquestra. Por fim, todos se reunirão para executar Aquarela do Brasil, com arranjo especial criado para o evento pelo maestro, arranjador e professor da Escola de Música de Brasília, Joel Barbosa.


Alunos do Centro de Ensino Fundamental 11 do Gama e do Centro de Ensino Fundamental Santos Dumont, em Santa Maria, tocarão temas dos filmes Os Vingadores e Os Caça-Fantasmas.

 

Haverá ainda a cantiga popular Peixe Vivo, com solo de saxofone, feito por aluno de Santa Maria com síndrome de down, e orquestra de violinos.

 

Já os alunos do Centro de Ensino Fundamental 2 do Guará apresentarão temas dos filmes Batman e Piratas do Caribe, entre outros.

 

Um dos jovens que participarão do espetáculo é Luiza Helena Dias, de 15 anos. Aluna do nono ano do Centro de Ensino Fundamental 2 do Guará, ela começou na banda com a flauta e agora está no clarinete. Rodeada de colegas, contou: “Estou muito feliz, animada e nervosa ao mesmo tempo”.


Também estará a ex-aluna da unidade Amanda Arruda Xavier, de 19 anos. Ela teve de deixar os ensaios por causa do vestibular e do primeiro ano de história na UnB. Agora, aluna do terceiro semestre do curso de graduação, voltou aos ensaios.

 

“Sabe quando você percebe que, mesmo encontrando outros caminhos para estudar, outras áreas que goste, tem algo que você quer que continue para a vida inteira? Foi por isso que eu voltei para a música”, explicou Amanda, que toca trompa.

 

Concerto da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro e de alunos de escolas públicas do DF
Dia 23 de abril (domingo)
Às 17h30
Na Torre de TV (Eixo Monumental)

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo: