Recomende este post!

Fechar

Enviar


1 – Para comentar no portal ContextoExato você poderá informar, além do seu nome completo, um apelido que poderá usar para escrever comentários.

2 – Sempre que comentar no portal ContextoExato você poderá optar por assinar seu comentário com seu nome completo ou com o apelido que escolheu. A publicação do seu e-mail junto com o seu comentário também é opcional.

3 – Serão eliminados do portal ContextoExato os comentários que:

      a - Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;

      b - Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;

      c - Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;

      d - Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.

      e – Configurem qualquer tipo de cyberbulling.

4 – A publicação de comentários será permanentemente bloqueada aos usuários que:

      a - Insistirem no envio de comentários com insultos, agressões, ofensas e baixarias;

Avisos:
 

1 – No porta ContextoExato, respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados. Pede-se, apenas, que o espaço dos comentários não sirva para bate-papo sobre assuntos de caráter pessoal ou estranhos ao blog;

2 – Ao postarem suas mensagens, os comentaristas autorizam o titular do blog a reproduzi-los em qualquer outro meio de comunicação, dando os créditos devidos ao autor;

3 – A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica.

  • Fechar Enviar

Brasil, Brasília - Distrito Federal, 23 de novembro de 2017

Em dia de festa para CR7, Real atropela o Granada e iguala recorde do Barcelona

Em dia de festa para CR7, Real atropela o Granada e iguala recorde do Barcelona
Prestigiado por Ronaldo, Figo, Kaká e Zidane, português marca em vitória por 5 a 0 que amplia série invicta para 39 jogos, a maior do futebol espanhol. Marcelo completa 10 anos de Real, e Casemiro deixa o seu
Por Globoesporte Foto: Divulgação/Reprodução - 07/01/2017 - 15:21:06

Teve de tudo um pouco: quebra de recorde, festa para Cristiano Ronaldo, visita ilustre, "aniversário" de Marcelo, gol de Casemiro... e goleada. Em dia de homenagem ao português pela conquista da quarta Bola de Ouro, o time de Zinedine Zidane venceu o Granada por 5 a 0, neste sábado, no Bernabéu, e ampliou a série invicta para 39 jogos. Ao lado do Barcelona de Luis Enrique, é a maior do futebol espanhol. O próprio CR7, Isco (duas vezes), Benzema e até Casemiro marcaram os gols do triunfo.

CADA VEZ MAIS LÍDER
Com apenas quatro empates e 12 vitórias em 16 rodadas, o Real volta a abrir seis pontos de vantagem diante do vice Barcelona e dá um passo importante rumo ao título que não vem desde 2011/12 - o Granada é o penúltimo, à frente apenas do Osasuna. Agora, os merengues tentam superar o recorde do Barcelona na quinta-feira, em duelo pela Copa do Rei contra o Sevilla, o mesmo adversário da próxima rodada do Campeonato Espanhol.


PRIMEIRO TEMPO
Foram 45 minutos de um time só. Enquanto Navas foi um mero espectador dentro do gramado, Ochoa trabalhou pelos dois. Em meio ao bombardeio sofrido, ele buscou a bola no fundo das redes quatro vezes nos 30 primeiros minutos de jogo. Isco abriu o placar aos 11, Benzema ampliou aos 20 (aproveitando bobeira do mexicano), Cristiano fez o terceiro aos 26 e Isco marcou novamente aos 30. Um verdadeiro passeio...

SEGUNDO TEMPO
Com James Rodríguez e Asensio nos lugares de Kroos e Isco, respectivamente, o Real Madrid diminuiu o ritmo na etapa final. Com um adversário entregue, que só foi fazer Navas trabalhar nos minutos finais de jogo, o time de Zidane basicamente administrou a vantagem feita na primeira etapa. Ainda teve tempo para Casemiro, aos 12, marcar seu segundo gol com a camisa merengue ao aproveitar cruzamento de James.

PORTUGUÊS DE OURO
Com mosaico em dourado, a torcida homenageou Cristiano Ronaldo na exposição de sua quarta Bola de Ouro antes da partida. Ao lado do craque no gramado, ex-jogadores merengues que ganharam o prêmio prestigiaram a festa. O brasileiro Ronaldo (1997 e 2002), o português Figo (2000), o inglês Owen (2001) e os franceses Kopa (1958) e Zidane (1998), atual técnico do time, escoltaram o ídolo atual. Outros que também levantaram o troféu e atualmente jogam e treinam nos Estados Unidos e na China, Kaká (2007) e Cannavaro (2006) mandaram mensagens exibidas no telão do estádio.

UMA DÉCADA DE MARCELO
O dia foi marcante também para o brasileiro. Nesse mesmo dia, há dez anos, o lateral-esquerdo fazia sua estreia com a camisa merengue. Na ocasião, ele saiu do banco ao lado de Ronaldo na derrota para o La Coruña. Neste sábado, como um dos capitães da equipe, fez boa partida e protagonizou uma linda jogada no gol de CR7, deixando Tito no chão.

Compartilhe:
Compartilhe!

0

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:

Mais notícias acesse

ContextoExato

Mais notícias acesse

ContextoExato