Recomende este post!

Fechar

Enviar


Regras do Blog Edson Sombra

1 – Para comentar no Blog do Edson Sombra você poderá informar, além do seu nome completo, um apelido que poderá usar para escrever comentários.

2 – Sempre que comentar no Blog do Edson Sombra você poderá optar por assinar seu comentário com seu nome completo ou com o apelido que escolheu. A publicação do seu e-mail junto com o seu comentário também é opcional.

3 – Serão eliminados do Blog Edson Sombra os comentários que:

      a - Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;

      b - Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;

      c - Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;

      d - Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.

      e – Configurem qualquer tipo de cyberbulling.

4 – A publicação de comentários será permanentemente bloqueada aos usuários que:

      a - Insistirem no envio de comentários com insultos, agressões, ofensas e baixarias;

Avisos:
 

1 – No Blog do Edson Sombra, respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados. Pede-se, apenas, que o espaço dos comentários não sirva para bate-papo sobre assuntos de caráter pessoal ou estranhos ao blog;

2 – Ao postarem suas mensagens, os comentaristas autorizam o titular do blog a reproduzi-los em qualquer outro meio de comunicação, dando os créditos devidos ao autor;

3 – A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica.

  • Fechar Enviar

Brasil, Brasília - Distrito Federal, 26 de junho de 2017

cartao-brb

Fachin aceita pedido da defesa de Lula

Fachin aceita pedido da defesa de Lula
A defesa do ex-presidente pedia que fosse enviado para a Justiça Federal em Brasília e não para a de Curitiba as declarações dos executivos da Odebrecht
Por Noticias ao Minuto Foto: Reprodução/Divulgação/ Lula Marques / AGPT - 19/06/2017 - 08:09:59

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Edson Fachin, concordou com um recurso apresentado pela defesa do ex-presidente Lula, pedindo que fosse enviado para a Justiça Federal em Brasília e não para a de Curitiba as declarações de Emílio Odebrechet e Henrique Valladares, executivo da Odebrecht. A informação foi adiantada pela coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo.


No conteúdo das delações, consta sobre suposta propina paga pela OAS na licitação das usinas de Santo Antônio e Jirau. Fachin determinou o compartilhamento pela Justiça Federal em Brasília de qualquer prova que Curitiba precise.

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo: