Recomende este post!

Fechar

Enviar


1 – Para comentar no portal ContextoExato você poderá informar, além do seu nome completo, um apelido que poderá usar para escrever comentários.

2 – Sempre que comentar no portal ContextoExato você poderá optar por assinar seu comentário com seu nome completo ou com o apelido que escolheu. A publicação do seu e-mail junto com o seu comentário também é opcional.

3 – Serão eliminados do portal ContextoExato os comentários que:

      a - Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;

      b - Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;

      c - Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;

      d - Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.

      e – Configurem qualquer tipo de cyberbulling.

4 – A publicação de comentários será permanentemente bloqueada aos usuários que:

      a - Insistirem no envio de comentários com insultos, agressões, ofensas e baixarias;

Avisos:
 

1 – No porta ContextoExato, respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados. Pede-se, apenas, que o espaço dos comentários não sirva para bate-papo sobre assuntos de caráter pessoal ou estranhos ao blog;

2 – Ao postarem suas mensagens, os comentaristas autorizam o titular do blog a reproduzi-los em qualquer outro meio de comunicação, dando os créditos devidos ao autor;

3 – A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica.

  • Fechar Enviar

Brasil, Brasília - Distrito Federal, 22 de outubro de 2017

GDF diz que pretende cortar ainda mais os cargos comissionados

GDF diz que pretende cortar ainda mais os cargos comissionados
Com dificuldades para sair do limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), o Executivo segue com algumas restrições impostas por esta Lei
Por Delmo Menezes-Agenda Capital/Foto: Agência Brasília - 12/08/2017 - 18:22:50

Atravessando uma das maiores crises financeiras de sua história, e envidando todos os esforços para enxugar a máquina pública nos últimos 2 anos e meio, o governo do Distrito Federal pretende cortar ainda mais os cargos comissionados nas Secretarias e Administrações Regionais.

 

 

De acordo com interlocutores consultados, com a diminuição dos repasses federais para o DF, Rollemberg (PSB) não tem muitas opções, e terá que tomar medidas drásticas ainda este ano, como a exoneração de comissionados, para poder honrar o pagamento do funcionalismo público.

 

Com dificuldades para sair do limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), o Executivo segue com algumas restrições impostas por esta Lei, como a impossibilidade de conceder reajustes, realizar mudanças na estrutura administrativa que impliquem novas despesas e também fazer novas contratações.

 

Nos bastidores comenta-se que a saída do PSB da base aliada do governo de Michel Temer (PMDB), seria um entrave para liberação de mais recursos do Tesouro Nacional.

Compartilhe:
Compartilhe!

2

  • Sebastião - 13/08/2017

    Em uma pesquisa em 10 entrevistados, 9 são contra este Rollemberg. É muita incompetência meu Deus! Ele já deveria ter pego seu banquinho e saído de mansinho...

  • Vento - 13/08/2017

    É claro e evidente que as peguetes, as amantes, as primas, os apaniguados, os bajuladores, os cabos eleitorais, os laranjas, permanecerão, serão cortados inicialmente os técnicos e áreas específicas!!!

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:

Mais notícias acesse

ContextoExato

Mais notícias acesse

ContextoExato