Recomende este post!

Fechar

Enviar


1 – Para comentar no portal ContextoExato você poderá informar, além do seu nome completo, um apelido que poderá usar para escrever comentários.

2 – Sempre que comentar no portal ContextoExato você poderá optar por assinar seu comentário com seu nome completo ou com o apelido que escolheu. A publicação do seu e-mail junto com o seu comentário também é opcional.

3 – Serão eliminados do portal ContextoExato os comentários que:

      a - Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;

      b - Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;

      c - Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;

      d - Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.

      e – Configurem qualquer tipo de cyberbulling.

4 – A publicação de comentários será permanentemente bloqueada aos usuários que:

      a - Insistirem no envio de comentários com insultos, agressões, ofensas e baixarias;

Avisos:
 

1 – No porta ContextoExato, respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados. Pede-se, apenas, que o espaço dos comentários não sirva para bate-papo sobre assuntos de caráter pessoal ou estranhos ao blog;

2 – Ao postarem suas mensagens, os comentaristas autorizam o titular do blog a reproduzi-los em qualquer outro meio de comunicação, dando os créditos devidos ao autor;

3 – A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica.

  • Fechar Enviar

Brasil, Brasília - Distrito Federal, 21 de setembro de 2017

Invepar vai devolver concessão da BR-040

Invepar vai devolver concessão da BR-040
Com um prazo de 30 anos, o contrato de concessão foi assinado em 2014
Portal do Hollanda - 12/09/2017 - 12:07:20

A Invepar, que tem como sócios os três maiores fundos de pensão do país — Previ (Banco do Brasil), Petros (Petrobras) e Funcef (Caixa) – e a construtora OAS, decidiu devolver ao governo a concessão do trecho de 936 quilômetros da rodovia BR-040 entre o Distrito Federal e Juiz de Fora (MG). 

 

A empresa informou que o pedido para devolver a rodovia foi formalizado nesta segunda-feira. Agora, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) vai iniciar o processo para a devolução da concessão. Enquanto isso, a rodovia continua sendo administrada pela Invepar.

 

A rodovia BR-040 é a segunda concessão de infraestrutura leiloadas durante o governo da ex-presidente Dilma Rousseff que será devolvida. Essa possibilidade foi criada pelo governo do presidente Michel Temer neste ano. Além da rodovia, o aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), também será devolvido. O governo também já cassou a concessão para o grupo Galvão de 625 km da BR-153 entre Anápolis (GO) e Aliança do Tocantins (TO).

 

“A concessionária adotará as providências necessárias para o cumprimento das condições estabelecidas em lei para o processo de relicitação. A Via 040 ressalta que continuará operando normalmente de forma a garantir a segurança e atendimento 24 horas aos seus usuários, por meio de suas 21 bases de atendimento já implantadas, disponibilização dos serviços de socorro médico e mecânico, além da realização de serviços de conservação, sinalização, manutenção do pavimento e inspeção da rodovia”, disse a empresa, em comunicado ao mercado.

 

Com problemas de financiamento, licenciamento ambiental e com algumas empresas envolvidas na Operação Lava Jato, praticamente todas as concessões de rodovias do governo Dilma está com obras paradas. Apenas uma, a MGO, concessionária que reúne pequenas empreiteiras, responsável por um trecho da BR-50 que liga Minas Gerais a Goiás, tem obras em andamento. A BR-040 acaba de ser devolvida e a concessão da BR-153 foi cassada. Também estão dificuldades a MS Via (BR-163, em Mato Grosso do Sul), Rota do Oeste (BR-163, em Mato Grosso), Concebra (BRs 060,153 e 262, em Minas Gerais, Goiás e Distrito Federal).

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo: