Recomende este post!

Fechar

Enviar


1 – Para comentar no portal ContextoExato você poderá informar, além do seu nome completo, um apelido que poderá usar para escrever comentários.

2 – Sempre que comentar no portal ContextoExato você poderá optar por assinar seu comentário com seu nome completo ou com o apelido que escolheu. A publicação do seu e-mail junto com o seu comentário também é opcional.

3 – Serão eliminados do portal ContextoExato os comentários que:

      a - Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;

      b - Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;

      c - Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;

      d - Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.

      e – Configurem qualquer tipo de cyberbulling.

4 – A publicação de comentários será permanentemente bloqueada aos usuários que:

      a - Insistirem no envio de comentários com insultos, agressões, ofensas e baixarias;

Avisos:
 

1 – No porta ContextoExato, respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados. Pede-se, apenas, que o espaço dos comentários não sirva para bate-papo sobre assuntos de caráter pessoal ou estranhos ao blog;

2 – Ao postarem suas mensagens, os comentaristas autorizam o titular do blog a reproduzi-los em qualquer outro meio de comunicação, dando os créditos devidos ao autor;

3 – A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica.

  • Fechar Enviar

Brasil, Brasília - Distrito Federal, 23 de novembro de 2017

Sinpol-DF vai denunciar constrangimento sofrido por policiais civis mulheres no Sistema Penitenciário

Sinpol-DF vai denunciar constrangimento sofrido por policiais civis mulheres no Sistema Penitenciário
De acordo com a denúncia, agentes policiais de custódia mulheres têm sido escaladas para fazer a revista pessoal de presos homens, o que vai de encontro à doutrina da área de segurança e do sistema penal
Por Assessoria de Comunicação Foto: Reprodução / Divulgação - 13/03/2017 - 18:15:52

O Sindicato dos Policiais Civis do Distrito Federal (Sinpol-DF) vai protocolar nesta segunda (13), por ofício, uma denúncia contra ações desenvolvidas pela Diretoria Penitenciária de Operações Especiais (DPOE) da Subsecretaria do Sistema Penitenciário (Sesipe). A Diretoria é dirigida pelo agente de atividades penitenciárias Francisco Abreu.

O ofício será entregue ao Núcleo de Controle e Fiscalização do Sistema Prisional (Nuprido Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT).

Desde o início do mês, as agentes policiais de custódia mulheres lotadas no DPOE, órgão sob o comando de Francisco Abreu, têm sido escaladas para fazer a revista pessoal de presos homens que estão encarcerados nas unidades do Complexo Penitenciário da Papuda.

O procedimento de revista pessoal implica que os presos fiquem nus em frente a essas policiais civis. A medida, irregular e reprovável, tem gerado constrangimento às agentes policiais de custódia mulheres e aos presos. A doutrina da área de segurança e sistema penal é que as revistas pessoais em mulheres sejam feitas por mulheres e as revistas em homens sejam feitas por agentes do sexo masculino.

A conduta do diretor do DPOE chama ainda mais atenção por ocorrer no mês de março, dedicado ao respeito às mulheres.


Além disso, segundo relatos que foram encaminhados à diretoria do Sinpol-DF e que subsidiam a denúncia, não havia razão alguma de excepcionalidade que justifique essa atitude da Diretoria chefiará por Francisco Abreu em determinar que as mulheres realizassem a revista nos presos, pois há servidores homens em número superior a elas e que estão aptos a realizar o trabalho.


O Sinpol-DF solicitará no ofício ao Nupri que o órgão investigue a conduta do diretor e recomende a adoção das medidas necessárias à solução imediata deste problema. 

Compartilhe:
Compartilhe!

0

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:

Mais notícias acesse

ContextoExato