Recomende este post!

Fechar

Enviar


Regras do Blog Edson Sombra

1 – Para comentar no Blog do Edson Sombra você poderá informar, além do seu nome completo, um apelido que poderá usar para escrever comentários.

2 – Sempre que comentar no Blog do Edson Sombra você poderá optar por assinar seu comentário com seu nome completo ou com o apelido que escolheu. A publicação do seu e-mail junto com o seu comentário também é opcional.

3 – Serão eliminados do Blog Edson Sombra os comentários que:

      a - Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;

      b - Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;

      c - Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;

      d - Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.

      e – Configurem qualquer tipo de cyberbulling.

4 – A publicação de comentários será permanentemente bloqueada aos usuários que:

      a - Insistirem no envio de comentários com insultos, agressões, ofensas e baixarias;

Avisos:
 

1 – No Blog do Edson Sombra, respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados. Pede-se, apenas, que o espaço dos comentários não sirva para bate-papo sobre assuntos de caráter pessoal ou estranhos ao blog;

2 – Ao postarem suas mensagens, os comentaristas autorizam o titular do blog a reproduzi-los em qualquer outro meio de comunicação, dando os créditos devidos ao autor;

3 – A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica.

  • Fechar Enviar

Brasil, Brasília - Distrito Federal, 25 de abril de 2017

cartao-brb

Uma das faces da máfia: Sistema é conhecido como fifty-fifty.

Uma das faces da máfia: Sistema é conhecido como fifty-fifty.
As milícias visíveis estão concentradas no Rio de Janeiro, mas elas funcionam de forma disfarçada em todo o País
Por Raymundo Duarte - 28/12/2016 - 19:57:45

Uma atividade primária de qualquer grupo mafioso é a extorsão, disfarçada de venda de proteção. É assim na Sicília e em Nova Iorque, com a Cosa Nostra; em Nápoles, com a Camorra, e no Brasil, com as milícias.

 

As milícias visíveis estão concentradas no Rio de Janeiro, mas elas funcionam de forma disfarçada em todo o País.

 

Grupos de agentes públicos que exigem mesada de comerciantes em troca de proteção, sob pena de o ladrão visitar o recalcitrante a qualquer hora, praticam extorsão.

 

Fontes de Inteligência detectaram que tais grupos chegam a arrecadar R$ 30 mil por mês em cada localidade (bairro ou setor) e funcionam na base da hierarquia e da disciplina.

 

Há uma cadeia de comando: os integrantes arrecadam e a coordenação faz o rateio, na base de metade para a cúpula e metade para os arrecadadores. O sistema é conhecido como fifty-fifty.

 

As máfias também controlam a exploração de mão-de-obra escrava, oriunda principalmente da China e da Bolívia, a prostituição, o jogo ilegal e o tráfico de drogas, assuntos que serão abordados posteriormente.

 

O cidadão comum, que tenta levar uma vida correta, vive espremido entre os mais diversos grupos criminosos, de baixo e alto coturnos.

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo: